A tecnologia a favor do consumidor em tempos de pandemia

Como se reinventar e surpreender seu público através do E-commerce

Uma crise econômica, basicamente falando, pode ser definida por um determinado período de redução do nível de produção de um país, que está relacionado à redução do consumo, queda das taxas de lucro e aumento do desemprego. Por outro lado, uma crise pode ser uma excelente oportunidade para quem sabe ou consegue meios para empreender e surpreender.

Uma pandemia que acarreta uma crise econômica pode deixar um país em “maus lençóis”, imagina um Estado ou cidade. Porém, para alguns setores como o supermercadista, a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e o isolamento social, fizeram com que as pessoas aumentassem o volume de compras com o intuito de estocar produtos e sair menos de casa, segundo João Sanzovo Neto, atual presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

De acordo com a pesquisa Índice Nacional de Vendas, realizada pela Associação Abras, em maio deste ano, o setor cresceu 11,93% em relação março de 2019. Em três das cinco regiões do Brasil, o valor da cesta composta por 35 produtos mais consumidos aumentou de preço, de acordo com o indicador da Abras, a alta foi de 1,20% na comparação com abril, passando de R$ 528,14 para R$ 534,48. No acumulado dos 12 meses (maio2019/maio2020), o valor da cesta subiu 10,99%.

No período entre abril e maio, a região Norte foi a que apresentou maior aumento no valor da cesta Abrasmercado, 4,50%, que passou de R$ 562,60 para R$ 587,92, seguido do Nordeste, com alta de 1,28%. Na região, de um mês para o outro, o valor da cesta passou de R$ 474,64 para R$480,72.  

E-commerce

O Brasil teve um aumento médio de 400% no número de lojas onlines por mês durante quarentena, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm). Com comércios trabalhando em tempo reduzido ou totalmente fechados por causa da quarentena de combate ao coronavírus,na qual impede a população de manter os hábitos de consumo, o setor de comércio digital vem percebendo um aumento e uma variação cada vez maior no fluxo de vendas online.

Segundo dados da ABComm, até o começo das ações para conter o coronavírus no país, no início da segunda quinzena de março, a média era de 10 mil aberturas de comércios online por mês. O número saltou para 50 mil mensais logo após os decretos de isolamento social.

O levantamento indicou que mais de 100 mil lojas já aderiram às vendas pela internet e os setores que estão em alta são os da moda, alimentos e serviços. A ABComm e a Konduto registraram também, um aumento de 40% no número de vendas on-line e os seis setores que mais cresceram são: Calçados (99,44%), Bebidas (78,90%), Eletrodomésticos (49,29%), Autopeças (44,64%), Supermercado (38,92%), Artigos Esportivos (25,75%), Móveis e Decoração (23,61%) e Moda (18,38%).

Alguns setores registraram um crescimento de três dígitos na comparação anual, de acordo com uma análise da ACI Worldwide. Segundo o levantamento, o crescimento geral das transações de varejo foi de 81% em maio, em comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Empreendedorismo de oportunidade

A Mercadapp é uma empresa genuinamente cearense especializada no setor supermercadista que já atende mais  de 140 supermercados em todo o Brasil. A startup oferece transformação digital para o setor, auxiliando a impulsionar canais de vendas online e permitindo a integração com as lojas físicas para uma experiência omnichannel com tecnologia adaptada para todas as necessidades de uma loja na venda online.

Fundada em Fortaleza há quatro anos, a Mercadapp é uma empresa jovem, representada pelos visionários Larissa Lima Soares Carvalho e Gabriel Gurgueira Pinheiro, na época, integrantes do “Projeto Apple Academy”, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). 

Para a conclusão do projeto, a dupla precisava desenvolver um aplicativo, a ideia de criar o Mercadapp surgiu durante uma ida ao supermercado para compras simples da semana, quando os dois ficaram mais de uma hora na fila do caixa para efetuar o pagamento das compras.

A princípio seria um supermercado 100% online, mas ao entender a demanda de mercado, eles perceberam que o melhor seria a criação de um e-commerce para os supermercados já existentes, por meio de uma tecnologia de white label, que permite que os supermercados tenham aplicativos personalizados, com as suas cores e logomarca.

Larissa Lima conta que a Mercadapp ao longo de sua história, como várias outras empresas, passou por diversas dificuldades, inerentes ao ato de empreender no Brasil. “No início, tivemos que ter muita resiliência para lidar com a burocracia nacional. Iniciamos nossa operação no Ceará e hoje já atendemos mais de 200 lojas em 17 estados do Brasil, auxiliando os supermercados de todo o país a possuírem um faturamento de venda online relevante”, afirma a sócia-administradora.

Apesar da Mercadapp ter nascido em 2016, auge de outro período crítico na economia brasileira, a empresa teve um crescimento considerável para um início no mercado, ressalta Gabriel Gurgueira. 

“Abrimos uma empresa durante uma forte recessão econômica mundial, mas o e-commerce estava e continua em uma crescente escalada de resultados. A cada dia mais pessoas migram seus hábitos de consumo do off para o online e isso só tende aumentar nos próximos anos. Hoje, mais do que nunca, é impossível pensar em qualquer negócio, seja ele qual for, sem pelo menos pensar na atuação online do mesmo”, expõe o sócio-administrador.

Avaliando o atual cenário econômico pelo qual estamos passando, Thiago Sena, gerente de vendas e marketing da Mercadapp, fala sobre as ações desenvolvidas pelo setor para driblar a crise. “Estamos vivendo um momento extremamente delicado em nosso país, no início da pandemia e das medidas restritivas, lançamos a campanha #OndaLaranja com o objetivo de facilitar a entrada do setor supermercadista brasileiro na venda online”, conta. 

Thiago explica que, com mais supermercados online, mais pessoas em todo o país podem aumentar seu nível de isolamento social, abastecendo seus lares sem sair de casa.

Quanto ao formato home office, a empresa também não teve grandes mudança no seu quadro de colaboradores, pois já utilizavam o método, comenta Larissa. “Nosso time de colaboradores já é adaptado a essa realidade. Nossa produtividade sempre foi boa, utilizamos diversos softwares que auxiliam nessa dinâmica, como por exemplo o Worlplace, Skype, Sirena e o Whereby. Neste período de quarentena estamos tentando sempre nos aproximar virtualmente, com reuniões semanais, lives de conteúdo e outras atividades que auxiliem na construção e fortalecimento das relações humanos”, reforça.

A solução de e-commerce da Mercadapp para supermercados, atualmente entrega para o lojista canais de vendas como aplicativos ou site, identificados com a logo, cor e marca de cada loja. Desenvolvido ao longo de 4 anos e voltado exclusivamente para o setor supermercadista, o aplicativo da Mercadapp é integrado com o sistema de ERP e PDV das lojas, com imagem, descrição e categorização dos produtos. 

Além disso, a empresa entrega também um aplicativo que auxilia e automatiza parte do processo de separação dos produtos, dando mais agilidade, eficiência e segurança ao processo. Além de tecnologia, a Mercadapp acompanha e presta assessoria para auxiliar as lojas a venderem online para que semanalmente possam ter resultados de vendas crescentes.

 

Vantagens do aplicativo

 

  • Integração ERP E PDV

Estoque com margem de segurança e tratamento de rupturas.

 

  • Cadastro Produtos Automáticos

Milhares de produtos com fotos já existentes na nossa base com integração automática.

 

  • Impulsionamento

Compras impulsionadas através de sugestão de produtos.

 

  • Pagamento Online

Diversas formas de pagar online;

Pagamento integrado no aplicativo com a sua adquirente.

 

  • Notificações Personalizadas

Publicidade através de notificações personalizadas para os seus clientes.

 

  • Assessoria Digital

Assessoria personalizada para auxílio na divulgação, aumento nas vendas e fidelização de clientes.


 

4 estratégias de marketing da Mercadapp para o seu supermercado

Todas as mudanças estão sendo intensas, dados de comportamento e consumo levantados pelos supermercados já não são úteis, é preciso entender novamente quem é o seu cliente e em paralelo buscar adequar toda a sua operação, buscando garantir o máximo de segurança aos seus colaboradores e otimizando seus canais venda online.

 

1- USE AS LIVES PARA FAZER A COMBINAÇÃO PERFEITA

O entretenimento do momento também pode ser a estratégia que você precisa para aumentar suas vendas. Utilize o calendário de lives dos artistas para montar promoções específicas em cada grande show.

Busque montar kits para cada live e promova suas vendas nas redes sociais, isso deve aumentar suas vendas e gerar uma receita sazonal nesses dias.

 

 2- DICAS DE RECEITAS

Todo mundo está dando uma de masterchef nessa quarentena não é mesmo?

 

Aproveite essa oportunidade para lançar dicas de receitas com os seus produtos nas redes sociais. Monte receitas com os produtos que o seu supermercado vende e promova-os.

 

 3- REFORCE O POSICIONAMENTO DIGITAL

Com a quarentena, as pessoas têm ficado quase o dia inteiro no meio digital, então use e abuse dos meios de comunicações digitais para se adaptar às novas necessidades do seu cliente.

 

Dobre as postagens nas páginas sociais e crie campanhas para gerar engajamento, por exemplo fazer uma live por dia fazendo receitas.

 

Faça com que seu cliente consiga comprar em todas as suas plataformas digitais ampliando seus canais de vendas em Instagram, Facebook, Whatsapp Business, site e aplicativo.

 

 4- SE ADAPTE ÀS MUDANÇAS DE CONSUMO

Você já deve ter notado que estamos enfrentando uma grande crise econômica, isso vem com um pacote de mudanças de consumo, principalmente com os cortes da população com o que não é essencial. Preste atenção nas mudanças de consumo e direcione seu marketing para esses produtos. Levante os principais e faça promoções, até cestas básicas incluindo estes produtos.

 

Segundo Thiago Sena, gerente de Vendas e Marketing da Mercadapp, empresa de solução de vendas online para os supermercados, muitos dos clientes da empresa - seja pequenas ou médias redes de supermercados ou mesmo supermercados de bairro - já alcançaram um percentual em torno de 3% de presença das vendas online em seu faturamento e caminhavam com uma projeção para chegar aos 7% até o final desde ano.


Depoimentos

 

"Temos um cliente com deficiência visual, que faz compras semanal e que começou a fazer as compras pelo aplicativo. Ele e a esposa possuem a deficiência e precisavam sempre de alguém para vir ao supermercado. Com a plataforma, começaram a fazer as compras de casa mesmo. Ele veio até a loja dizer que os dois tiveram uma experiência muito legal de interatividade e para parabenizar pela iniciativa"

(Ivamar Cunha - Diretor de Operações / Supermercado Nidobox )

 

"O ticket médio das vendas que nossa loja fazia por telefone, aumentaram mais de 60% com o uso do aplicativo"

(Rosângela Pinheiro - Diretora Supermercado Super Vilton)


"Parabéns a toda a equipe MERCADAPP pelo profissionalismo e comprometimento. Dá gosto ter vocês como parceiro."

(Flávio Figueiredo- Diretor Supermercado Guará)


"Estamos trabalhando nesse formato [vendas pela internet] há uns cinco anos. Antes, tínhamos uma plataforma mais simples, um site com mix bem reduzido. [...] Este ano, resolvemos facilitar ainda mais e trouxemos nosso app junto com a Mercadapp"

(Alexandre Pinheiro - Diretor de Marketing Supermercado Pinheiro)