Assaí chega à marca de 200 lojas e projeta expansão para os próximos anos

Com a cisão do GPA em março deste ano, a empresa se tornou a primeira companhia exclusiva do Brasil no segmento de atacado de autosserviço a ser listada na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), além de também ter sido listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). Com um sólido planejamento de longo prazo, e que tem sido acelerado anualmente, a empresa chega nesta semana à marca de 200 lojas abertas com a inauguração de uma unidade em Curitiba (PR) no dia 3 de dezembro e já mira a 300ª loja, a ser inaugurada em 2023.

“É um número pelo qual trabalhamos nos últimos anos e representa o esforço de todo o nosso time e de um plano de expansão certeiro e bem executado. Em apenas 10 anos, aumentamos nossa presença nacional de 4 para 24 Estados brasileiros. Geramos ainda 54 mil empregos, levando trabalho e renda a milhares de famílias. São resultados que nos motivam a continuar crescendo”, afirma Belmiro Gomes, Presidente do Assaí Atacadista. Em outubro de 2016, a empresa inaugurava sua 100ª loja, na cidade de Aracaju (SE): “foram 42 anos para chegar a essa quantidade e, em apenas cinco, dobramos o número. É um resultado que merece ser comemorado”, completa.

No total, o Assaí deve investir mais de R$ 2 bilhões este ano. Além dos grandes números de criação de emprego em todo o país, a Companhia segue gerando renda aos municípios por meio do plano de expansão acelerado, beneficiando a economia local como um todo, bem como o setor de construção civil – somente este ano, serão adicionados mais de 400 mil m2 de área construída ao Assaí.

RESULTADOS CONSISTENTES 

Os grandes números de expansão e empregos também refletem nos resultados do Assaí, que vem crescendo a uma taxa média anual de 30% e ganhando market share. Mesmo em um ano atípico como o passado, a resiliência e o sucesso do formato de lojas da Companhia geraram resultados positivos e o Assaí fechou 2020 com receita bruta de R$ 39,4 bilhões – o que significou R$ 9 bilhões adicionados à venda. No último balanço financeiro divulgado (referente ao 3º trimestre deste ano), a tendência positiva se manteve e a Companhia teve lucro líquido de R$ 538 milhões (alta de 34% em relação ao mesmo período do ano passado).

Essas conquistas também vêm acompanhadas de um robusto plano de investimento social. Até o final de 2021, o Assaí totalizará 110 mil cestas básicas doadas por meio de diferentes ações e parcerias. Além disso, fortalece a cada ano a Academia Assaí Bons Negócios, um programa voltado a capacitação gratuita de micro e pequenos empreendedores do setor alimentício.

“Os resultados só são possíveis com o apoio do time de funcionários. Nosso compromisso é apoiar para que o crescimento de cada um aconteça de forma sustentável e inclusiva. Por isso, temos como premissa fazer com que o crescimento do Assaí reflita o crescimento de nossos colaboradores e colaboradoras”, conclui Gomes.

FUTURO 

Em ritmo acelerado, além de celebrar a 200ª loja, o Assaí já tem planejado o futuro e as próximas 100 inaugurações. Somente este ano abrirá 28 lojas. Em dezembro será inaugurada ainda 1ª loja no Acre, chegando, assim, a 24 Estados. Para os próximos anos, o Assaí seguirá investindo no processo de expansão que contará ainda com a conversão dos 71 pontos comerciais das lojas Extra Hiper adquiridos este ano. Este movimento criará até 20 mil novos empregos em todo o País, o dobro do número atual gerado pelas mesmas lojas.

Além da crescente geração de postos de trabalho, a expansão não para. Em 2022 o Assaí planeja abrir entre 16 e 18 lojas orgânicas, além de converter 40 Extra Hiper, totalizando quase 60 unidades novas. Para 2023, o objetivo é superar a marca de 300 lojas e, até 2024, alcançar a meta de R$ 100 bilhões em faturamento (em 2020 ele foi de R$ 39 bilhões).

“Alcançaremos esses resultados por meio de uma série de diferenciais e com um time engajado. O primeiro deles é o plano acelerado de expansão da companhia. Destaco ainda os excelentes resultados que temos obtidos com a maturação do nosso parque de lojas, que vem apresentando índices positivos numa média de tempo cada vez menor. A experiência de compras é outro diferencial que temos reforçado e, por fim, nossa estratégia regional, que busca um cuidado atento e customizado para cada localidade em que operamos de forma a entender o consumidor local e a entregar o que ele busca”, finaliza Gomes.

Fonte: New Trade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Fale conosco! Available from 08:00 to 22:00