CAMPANHAS COM GRANDES PRÊMIOS OU AÇÕES PONTUAIS? SAIBA COMO UTILIZAR MELHOR SEU ORÇAMENTO DE MARKETING

Cada dia mais as lojas precisam de um marketing assertivo, que venda e, principalmente, com baixo custo. Nesse contexto, te convido a se questionar: “Vale a pena sortear grandes prêmios?”

No cenário atual, mais do que nunca, o cliente pensa duas vezes antes de comprar algo. E não é “falta de vontade” de consumir, é a busca cada vez maior de benefícios através do consumo. Além disso, todos os dias o consumidor é bombardeado com a publicidade que o convida ao consumo e que o incentiva a comprar na loja A, B ou C.

Na agência, sempre buscamos ao máximo trabalhar com campanhas enxutas e que agreguem valor para a comunidade onde a loja está inserida. Desta forma, na idealização e criação das campanhas optamos por premiações que façam sentido para o cliente, que seja de interesse e que tenha um custo razoavelmente baixo para que seja possível premiar vários clientes na mesma ação. Além do ganho de prêmios, executamos ações que buscam mostrar o nosso interesse genuíno pelo cliente e pelas causas sociais que o cercam.

Veja os exemplos:

Campanhas com premiações

As campanhas com premiações geralmente são extensas e costumam ter poucos ganhadores. Isso faz com que o cliente esqueça a campanha e não acredite na possibilidade de ganhar, visto que são muitas pessoas e poucos prêmios. Porém, te convido a analisar dois casos:

Campanha 1: Considere uma campanha onde será investido um orçamento de 20 mil para premiar os clientes. Assim, sortearemos 2 motos Bros (custo médio de R$10.000,00 cada) resultando em 2 ganhadores.

Campanha 2: Consideremos os mesmos 20 mil para premiar os clientes. Porém dessa vez faremos 10 vale-compras de R$1000 + 4 air fryer (custo médio de R$400 cada) + 2 ar-condicionado 9000 btus (custo médio de R$1500 cada) + 2 smart-tv Samsung 32’ (custo médio de R$1500 cada) + R$2000 em dinheiro. Assim, teremos 19 ganhadores, totalizando R$19.600 em premiação e uma margem de R$400 para possíveis reajustes de preço em algum dos itens.

Observe que sem dúvida a campanha 2 se torna mais atrativa pela quantidade de prêmios e o cliente também acreditará que suas chances de ganhar serão bem maiores. E perceba, o mais importante para a loja é que metade do prêmio retornará, notou? Utilizar vale-compras como premiação para as campanhas tem sido uma das principais alternativas para tornar a campanha vendável e com retorno certo para a própria loja, além de também ser atrativo para o cliente que já compra na loja.

Ações externas

Você já sabe que não basta apenas esperar que o cliente venha na loja. Por isso, outro ponto que estamos direcionando orçamento e energia são as ações externas. Além de mostrar ao cliente que nos importamos tanto com ele que estamos indo até sua casa, também podemos gerar comodidade e rentabilidade que poderá custear essas ações.

A partir do momento em que o marketing operacional vai até o cliente, é gerado proximidade e vínculo, o que irá facilitar a colheita de informações do cliente e sua opinião sobre a loja, pontos cruciais para as próximas estratégias.

O custo desse tipo de ação é muito baixo e com um cronograma bem ajustado é possível realizar poucas vezes durante o mês e ter um resultado significativo.

Projetos sociais

Aqui é um ponto crucial para a iMarketing. Como nosso próprio slogan “Mudando o mundo através do varejo”, nós sempre buscamos incentivar e conscientizar as lojas a começarem ou aumentarem suas ações sociais.

Ter a sua loja vinculada a algum projeto social não é apenas status. O intuito é envolver a população em uma causa sem fins comerciais, mas sim genuínos. Mas atenção, o seu cliente saberá se a ação não for feita de coração e sim por visibilidade.

Ao analisar o meio onde a loja está inserida, podemos conhecer vários projetos sociais e escolher algum para abraçarmos. Idosos, crianças, pessoas com deficiência, animais… tudo vale, desde que faça sentido para a loja. Já realizamos projetos sociais vinculados ao fornecedor com ONGs de animais e o resultado foi incrível.

Nesse tipo de ação o retorno sob o investimento não é mensurável, mas com os projetos sociais você conseguirá conquistar o cliente por transmitir confiança, empenho social e humanização, pontos imprescindíveis para a construção de uma marca com propósito.

Desta forma, antes de direcionar seu orçamento de marketing para algo, busque analisar e compreender o contexto atual. Analise o que desperta interesse do seu cliente e torne sua visão macro. Marketing já deixou a muito tempo de ser apenas a venda de produtos. Marketing é envolvimento, humanização e, sem dúvida alguma, estratégia.

Por Andreza Mara Maia e Silva, Tecnóloga em Marketing, MBA em Marketing Digital e Diretora de Marketing e Criação na iMarketing Soluções Integradas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Fale conosco! Available from 08:00 to 22:00